-

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Poesia pra eternidade



Era cedo
tanto que nem calculávamos a hora
e ainda nos abrigávamos em nossos segredos eternos.

Era o tempo
e tudo aquilo que ele guarda com ele
lembranças pintadas na memória.

Era saudade
ficou em nós cada momento
de tudo aquilo que permanece.

É a poesia
revivendo as coisas que nunca passam.


2 comentários:

  1. Lindo lindo lindo beijinhos bell

    ResponderExcluir
  2. Era a poetisa, arrebatando corações com palavras. Lindo demais!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails