-

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Canção

O excesso dos meus pedaços secretos por dentro

estão gravados cheios daquelas suas partes invisíveis

que me alcançam até nos suspiros molhados de prazer

em que o suor tem gosto do orvalho doce que preenche nossos espaços

é como procurar um cantinho seu onde caibam todos os meus sonhos

e avistar nos meus sorrisos algumas coisinhas de você

que eu decorei em versos de abraços.


Ir cantando flores

e pisando palavras

que unem nossos passos até encostar no cheiro do vento

vento leve e manso e breve

daqueles que arrastam delicadamente meu peito pra dentro do seu

e fazem meus olhos tocar seu sabor

por entre as pistas que a brisa deixou.


Eu encosto no seu olhar com a ponta da minha língua

e degusto seu sentimento com a ponta da minh’alma.


Faço palavras carregarem histórias

transformo em imagens essa canção solitária

pra ver se de longe alcanço bem perto

aquele seu jeito a tocar meus versos.




3 comentários:

  1. Lindo!Gostoso de ler,parabéns!
    bjssssss

    ResponderExcluir
  2. Olha o meu blog pra ver o que eu fiz pra vc sua linda!

    Te amo...

    ResponderExcluir
  3. Delicadamente lindo, querida!

    Menina dos olhos, versos e prosa. És linda.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails